A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

07
Dez 10

 

Magnificat

 

Quando é que passará esta noite interna, o universo,

E eu, a minha alma, terei o meu dia?

Quando é que despertarei de estar acordado?

Não sei. O sol brilha alto,

Impossível de fitar.

As estrelas pestanejam frio,

Impossível de contar.

O coração pulsa alheio,

Impossível de escutar.

Quando é que passará este drama sem teatro,

Ou este teatro sem drama,

E recolherei a casa?

Onde? Como? Quando?

Gato que me fitas com olhos de vida, que tens lá no fundo?

É esse! É esse!

Esse mandará como Jusoé para o sol e eu acordarei;

E então será dia.

Sorri, dormindo, minha alma!

Sorri, minha alma, será dia!

 

Álvaro de Campos

De: Fernando Pessoa

 

SBF

publicado por voltadoduche às 01:12

26
Nov 10

 

RUA 1º DE DEZEMBRO

 

À hora X, no Café Portugal

à mesa Z, é sempre a mesma cena:

uma toupeira ergue a mãozinha e acena…

Dois picapaus querelam, muito entusiasmados:

Que a dita dura dura que não dura a dita dita dura – dura desdita!

Um pássaro cantor diz que isto assim é pena

e um senhor avestruz engole ovos estrelados

 

Mário Cesariny, Nobilíssima Visão – 1959

 

Mário Cesariny teria hoje 87 anos. Morreu neste dia 26 de Novembro de 2006. Pintor e poeta, era considerado “O surrealista” português, e, fazendo jus ao título, em tudo o que opinava, quer fosse na arte, na história, na antologia ou simplesmente no seu dia-a-dia, era sempre polémico.

 

O seu trabalho, nas duas vertentes, é vasto mas sem retorno financeiro. Só a partir dos anos 80, quando é reeditada a sua obra poética, readquire o equilíbrio orçamental e, quando morre, consegue deixar em testamento um milhão de euros à Casa Pia. Ainda em vida, entregou graciosamente todo o seu espólio à “Fundação Cupertino de Miranda”.

 

SBF

(Imagem: Wikipédia)

publicado por voltadoduche às 17:08

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO