A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

16
Jan 11

 

Num destes dias, o programa da tarde na RTP1, foi dedicado à Marinha Portuguesa a propósito da recente viagem de circum-navegação do Navio-Escola Sagres.

 

Esta unidade da Marinha Portuguesa, para além de ser uma beleza do ponto de vista estético, é um dos melhores embaixadores de Portugal em qualquer canto do mundo.

 

A viagem à volta do mundo, iniciada a 19 de Janeiro de 2010, terminou com o regresso a Lisboa na véspera de Natal, tendo passado por 27 cidades em 19 Países diferentes.

 

A tripulação da Sagres é de 150 marinheiros, para além dos alunos marinheiros que, por períodos mais curtos, fazem a sua preparação no Navio.

 

É emocionante ouvir os relatos dos contatos com as comunidades de portugueses ou luso-descendentes, especialmente os encontros na península Indo-chinesa.

 

Na Tailândia, antiga Sião, e na Malásia, onde se situa a célebre Malaca tantas vezes palco de relatos da nossa história. Nestes dois Países existem inúmeros vestígios monumentais da presença de Portugueses durante os séculos XVI e XVII. Não é raro encontrar-se nomes próprios e apelidos de origem portuguesa. Outra vertente Lusa que se manteve durante todos estes séculos é a gastronomia. Na Malásia, existe mesmo um dialeto oficial que é falado por luso-descendentes que, cozinham iguarias como se fazia em Portugal no século XVI, cantam fado, dançam o nosso folclore, festejam os êxitos portugueses, nomeadamente os desportivos, decoram as suas casas com a bandeira verde-rubra e sonham poder algum dia visitar Portugal. 

 

O Navio-Escola Sagres é nossa melhor embaixada no mundo, é mais uma razão para nos orgulharmos em sermos portugueses!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:29

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO