A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

06
Mai 11

 

Para oxigenar os neurónios e dar descanso à “onda” deprimente, resolvi, nestes últimos quarteirões de horas, viajar pelo Oriente da primeira metade do século XVI embarcando nas Naus Lusitanas por mares já navegados mas bem atestados de surpresas e ratoeiras impiedosas.

 

“Rosa do Oriente” de Manuel Arouca é um romance histórico baseado na vida de São Francisco Xavier. A ação deste missionário, iniciado jesuíta com Inácio de Loiola, fundador da Companhia de Jesus, transformou os oceanos do Oriente, em caminhos abertos e seguros para a evangelização.

 

As embarcações portuguesas cruzavam o Índico e o Pacífico ligando todas as terras existentes, fossem ilhas ou continentes. Desde a costa oriental africana, Ormuz, Malabar, Ceilão, Malaca e daí, mais para nordeste Japão e China ou para sudeste, a vasta Indonésia de hoje, Timor e a grande Austrália. Dezenas ou centenas de Naus ao mesmo tempo nas diversas rotas, muitas dezenas de fortalezas e feitorias instaladas, muito comércio, muitas coisas boas e também coisas más.

 

São Francisco Xavier, a partir de Goa, evangelizou por toda a costa do Malabar, Malaca e costa continental (hoje Malásia e Tailândia) e conseguiu ir até ao Japão. O projeto da China não foi concretizado em vida porque encontrou a morte muito perto de lá chegar.

 

O seu corpo incorruptível, exalando um perfume de rosas, regressou a Goa onde se encontra até hoje. Para os cerca de 10 anos, desde que embarcou na Nau Santiago no cais de Belém em Lisboa até à sua morte, são narrados inúmeros milagres protagonizados pelo missionário. A chegada aos altares como Santo foi pacífica e, na história Lusa, são muitos os relatos das suas andanças entre os pobres e os humildes. Fernão Mendes Pinto foi contemporâneo e muito dele contou.

 

Manuel Arouca é muito conhecido dos portugueses, principalmente por alguns sucessos televisivos mas, pelos anos 80, já vendia muitos livros.

 

A edição é da “Alêtheia Editores” em Janeiro de 2011

 

Silvestre Félix

 

(Imagem: Capa do livro do site da editora)


Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO