A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

08
Ago 12

A forma como a nossa comunicação social, seus comentadores, analistas e outros “inteligentes”, têm tratado a ausência de medalhas nas provas disputadas pelos atletas portugueses nos Jogos Olímpicos, é injusta e demonstra ignorância completa do que é o espírito desportivo e olímpico.

 

Os nossos representantes na competição, só pelo facto de terem conseguido as marcas mínimas que permitem a sua presença, deviam ser considerados heróis.  

 

Ainda hoje, perante a conquista da prata em canoagem K2, ouvi um comentador ou repórter referir-se a esta classificação, dizendo mais ou menos:

 

“perderam o ouro por 52 milésimas de segundos”

 

Como se pode dizer uma barbaridade destas, depois de os nossos atletas terem conquistado brilhantemente o segundo lugar?


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 15:46

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

JOGOS OLÍMPICOS

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO