A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

06
Set 09

 

A Joana Amaral Dias vai-se afirmando a cada intervenção pública que faz.
A entrevista que hoje é publicada no Diário de Notícias, confirma o seu carácter íntegro. Com a história do convite do PS para integrar as suas listas às legislativas, aconteceu o que eu imaginei. Foi realmente convidada e, como é honesta, entendeu que tinha obrigações de militante perante o seu partido e informou o BE.
O que não contava é que o seu partido usasse as mesmas “armas” que os outros e, vai daí, o seu amigo Francisco Louçã, faz aquele “show of” que todos nós sabemos.
É natural que a Joana não tenha gostado. Esta postura, de não tomar a sua (individual ou de grupo) verdade como absoluta, e de analisar os factos com imparcialidade, é (quase sempre) incompatível com a disciplina partidária e com aquela dose de demagogia que, infelizmente, é regra nos nossos partidos.
SBF
publicado por voltadoduche às 13:31

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

JOANA AMARAL DIAS

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO