A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

15
Fev 11

Algumas “catedrais” do consumismo, os shopping’s e centros comerciais, estiveram a abarrotar de clientes durante todo o dia de ontem. Disseram, os que lá foram, que até parecia que toda a gente estava de férias, tal era a quantidade de compradores, de “cartão” em riste, esperando a sua vez para comprar.

 

Recentemente inventado nestas terras Lusitanas, o dia dos namorados ou de S. Valentim, tornou-se num autêntico segundo “Natal” para todo o comércio. Mal comparado, se considerarmos a abrangência natalícia.

 

Neste dia 14 de Fevereiro só se consome supérfluo!

 

As prendas que os namorados, casados e assim-assim oferecem entre si, são superficialidades das mais primárias que há!

 

Ontem, em comentário de entrada da Vera Mónica no Facebook escrevi:

 

O supérfluo tenta-nos a cada esquina

e o consumismo devora-nos...

É a auto-flagelação dos nossos tempos!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:30

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

AUTO-FLAGELAÇÃO

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO