A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

08
Jan 10

O ”amarelo”, de que já não me lembro do número, do Cais do Sodré subia a rua do Alecrim, Camões, entrava na da Misericórdia e D. Pedro V, Príncipe Real, na da Escola Politécnica, largo do rato e Alexandre Herculano até à Conde Redondo ao cimo, no cruzamento com a Gomes Freire. Era o destino… isso, rua Gomes Freire 195, Arquivo de Identificação de Lisboa, que agora é o edifício todo da Polícia Judiciária.
Na aproximação e nos cafés em frente, magotes de escriturários ambulantes com impressos e esferográfica na mão para preenchimento dos papéis para obtenção do bilhete de identidade. A oferta de serviço incluía a fotografia que se tirava de imediato numa das lojas próximo, e, se fosse caso disso e o cliente tivesse dinheiro no bolso, até garantia um bom lugar numa das bichas para o efeito no interior do edifício.
Para se tirar o BI, era preciso tirar, pelo menos, uma tarde ou uma manhã. Este filme podia ser visto na tela da vida até há quinze parcelas de tempo contadas em anos.
O meu último BI caduca este mês e ontem fui tirar o meu Cartão de Cidadão. Primeira coisa que fiz, na passada 6ª Feira, telefonei com o fim de agendar o meu atendimento. Uma voz feminina muito simpática, perguntou o nome e para que localidade queria o agendamento. Disse-me logo que, em Sintra, havia disponibilidade em três horários para o dia 7 (ontem) e que o local era a 2ª conservatória do registo predial de Sintra. Fui lá ontem à hora marcada, e em dez minutos despachei-me. Tudo informatizado, muito profissional, sem qualquer incómodo e dum momento para o outro fico com um cartão que vale por cinco (BI, contribuinte, Utente SNS, Segurança Social e eleitor), assinatura digitalizada e acesso a um sem número de serviços de apoio ao cidadão, com utilização de pin’s pessoais.
Independentemente da crise, o Portugal de 2010 com o “simplex” a funcionar, não tem nada a ver com o mesmo Portugal de 2005, é que até somos bons nisto, só que não há quem nos valorize, antes pelo contrário.
Não esqueçam – Para tirar o CARTÃO DE CIDADÃO, telefonem primeiro para (Lisboa) 217 231 237 e façam o agendamento.
SBF
(Gravura: Wikipédia)
publicado por voltadoduche às 16:57

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

CARTÃO DE CIDADÃO

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO