A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

02
Nov 09

 

O que entra nos nossos ouvidos, é: – pon’pordeus.
Na verdade, o que, logo de manhã muito cedo, se ouviu na boca de magotes de crianças por essa Abrunheira fora, neste dia 1 de Novembro de 2009, foi o mesmo que já se ouve há muito tempo contado em anos. Para mim, valem pelo menos cinquenta… metade dum século.
“Pão – Por Deus” – É isso… é pão que se pede. Claro que hoje, oferece-se tudo menos pão. Os miúdos do século XXI não achariam graça nenhuma que lhe metêssemos pão nos sacos. Duma maneira geral, temos o cuidado de na véspera trazermos do super-mercado, uns chupas, rebuçados, chocolates, caramelos, gomas, outras guloseimas sortidas e sei lá mais o quê.
Mesmo assim, e certo que a maioria das crianças, que hoje palmilharam a Abrunheira e outras localidades onde é hábito o “Pão – Por Deus”, o fizeram incentivadas pelos Pais por uma questão de tradição, mesmo assim, dizia, houve alguns, que neste dia de “Todos os Santos”, provaram iguarias, que de outra forma nunca é possível.
Nestes dias difíceis, para muitas famílias aqui na Abrunheira, e em muitas outras “terras de Deus”, pedir “Pão – Por Deus”, não só no dia um, mas em todos os dias do mês, faz toda a diferença.
SBF
publicado por voltadoduche às 00:56

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

PÃO - POR DEUS

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO