A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

11
Abr 10

                                                      O recente assassinato do líder do AWB, partido nazi da África do Sul, as consequentes reacções dos seus apaniguados e, as não menos racistas declarações e intervenções do líder da juventude do ANC, ameaçam a manutenção do sistema democrático, tal como o conhecemos neste País, e põem em causa toda a luta de Mandela antes e depois da sua libertação em 1992.

 

Mandela e De Klerk conseguiram, entre 1992 e 1994, o que ninguém acreditava – Desmantelar o apartheid e transformar a África do Sul numa democracia moderna e multirracial.

 

Os actuais líderes democráticos, e principalmente o do ANC, que é o Presidente da República da África do Sul, devem honrar o legado do herói universal Nelson Mandela, sendo firmes na defesa daquela sociedade democrática e moderna, onde, o que menos importa, seja a cor da pele de cada cidadão.

 

SBF

 

 

publicado por voltadoduche às 20:05

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

14
16
17

18
19
21
23

26
27
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO