A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

11
Abr 11

 

O resultado do referendo realizado no passado sábado na Islândia está a assustar o mundo da finança agiota e especulativa.

 

Os cidadãos islandeses recusaram pagar ao Reino Unido e Holanda quase 4 mil milhões de euros resultante da falência dum banco que operava naquele País até à crise de 2008. Dizem os islandeses que a responsabilidade é dos antigos acionistas do banco, que vão atrás deles em vez de quererem sugar ainda mais os cidadãos que trabalhar.

 

O universo da comunicação social não tem dado grande destaque a esta vitória do povo islandês, porque, diga-se, uma grande parcela das empresas detentoras de grandes antenas de TV’s e rádios, grandes jornais e revistas, estão na mão de grandes grupos financeiros e, uma notícia destas não interessa que seja divulgada.

 

O povo islandês e as suas instituições, incluindo a presidência da República, deram um exemplo de cidadania e democracia, e, ao mesmo tempo, deram um murro no “estômago” do polvo que governa o mundo.

 

Ao contrário do que muitos querem, a «INDIGNAÇÃO» não deve ser riscada dos dicionários, antes pelo contrário, bem sublinhada e sempre em maiúsculas!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:49

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO