A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

14
Jan 10

 

É o que afirma o ex-inspector da PJ Moita Flores, conforme se lê hoje em toda a imprensa, sobre o julgamento a propósito do livro, do também ex-inspector da PJ Gonçalo Amaral.
Eu também acho que é uma tentativa de contrariar a liberdade de expressão dum cidadão livre.
A proibição do livro fez-me recuar 35 anos. Na ditadura, era frequente assistirmos a livros serem proibidos e à respectiva recolha das livrarias. O que se fez com este livro não é muito diferente.
Eu até nem alinho incondicionalmente com a tese de Gonçalo Amaral, mas acho que tem todo o direito de defender o que pensa sobre o assunto.
Escandaloso, é os pais da menina desaparecida, virem pedir em tribunal milhões pela ofensa da honra.
VER AQUI DN ONLINE SOBRE.
SBF
publicado por voltadoduche às 00:44

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
15
16

18
19
20
22

24
27
29
30

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO