A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

19
Jun 09

 

Eu sei que cada jornalista gosta de se afirmar com o seu próprio estilo, aliás, o que acontece na maior parte das profissões.
Porque estou a falar de televisão, também na óptica do espectador, tenho a liberdade de gostar ou não, do estilo deste ou daquele jornalista.
Nas nossas três principais estações de televisão, haverá vários jornalistas de qualidade superior e eu, não posso ter a pretensão, de os referenciar todos. Serei injusto para os outros mas, aprecio especialmente três; O José Alberto Carvalho e a Judite de Sousa da RTP e a Ana Lourenço da SIC. Mesmo estes, cada um tem o seu estilo.
Vem este escrito a propósito, da tranquilidade, da serenidade, da educação, do profissionalismo, que a Ana Lourenço demonstrou ontem na entrevista ao Primeiro - Ministro. A jornalista, dirigiu a entrevista como é seu hábito. Deixou o entrevistado responder às suas perguntas, completar o raciocínio, enfim, o telespectador percebe do que se fala e, em última análise, é isso que se pretende. Espero que muitos colegas da Ana Lourenço tenham conseguido aprender alguma coisa, durante a entrevista de ontem.
Quando o protagonista foi, como é natural, o Engº Sócrates, e todas as horas seguintes, na informação portuguesa, foram gastas a analisar vezes sem conta, todas as palavras que o Primeiro – ministro disse, é mais que justo referir a prestação desta profissional que, quando posso, vejo na SIC Notícias depois das 10 da noite.   
SBF
publicado por voltadoduche às 00:25

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO