A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

07
Ago 11

Na sequência do corte no rating da dívida Norte Americana, os “carolas” mundiais até interromperam as férias para acertarem a estratégia de combate à esperada hecatombe bolsista de amanhã e aos ataques cerrados dos mercados devidamente orientados pelos “inteligentes” agiotas e detentores de quase todo o capital universal.   

 

Podemos estar à beira da maior recessão de que há memória.

 

Entretanto, por cá, ensaiam-se fins-de-semana prolongados e, no que respeita a Deputados, aí vão duas semanitas a banhos!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:41
tags: ,

30
Jul 11

A falta de entendimento entre Republicanos e Democratas nos Estados Unidos é assustadora. A ausência de aprovação do novo teto de dívida Americana para além da próxima Terça-Feira, seria o equivalente a um terramoto universal com tsunami’s em tudo o que fosse costa no mundo inteiro, fazendo parecer a atual crise da dívida europeia, uma pequena gota de água no oceano.

 

Hoje, Sábado, ninguém acredita que isso venha a acontecer, mas que é uma possibilidade real, lá isso é!

 

A máxima de que “quando os USA espirram, a Europa apanha uma pneumonia” continua a ser verdade absoluta.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:42
tags:

02
Jun 11

A “Moody’s” ameaçou hoje com revisão do “rating” dos Estados Unidos.

 

Onde, e quando vai isto parar?

 

Quem trava este polvo que se movimenta na sombra e que, neste momento, tem o poder universal?

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:17

02
Mai 11

A notícia do dia é a morte de Bin Laden. Com foto verdadeira ou não, parece indesmentível que a eliminação do líder da Al Qaeda aconteceu mesmo. A ortodoxia islâmica ganhou um novo mártir e, entretanto, em jeito de resposta, o Ocidente que se cuide porque a reação pode materializar-se a qualquer momento.

 

Como sempre, os especuladores aproveitam todas as notícias para justificarem a procura de ganhos dentro e fora das bolsas. Todo o dia os títulos bolsistas têm subido em todo o mundo. A cotação do petróleo, às primeiras horas da manhã, baixou por causa da morte de Bin Laden, agora, da parte da tarde, voltou a subir. Sabem porquê? Claro, por causa da morte do mesmo. Não é para rir, é mesmo assim. Para eles, todas as razões são válidas para especularem para cima ou para baixo.

 

As presidenciais norte-americanas são lá para Novembro de 2012 mas, pode muito bem acontecer que, a partir de hoje, já se saiba o resultado. O chefe da Al Qaeda era, de facto, o grande inimigo de cada um dos norte-americanos. Com o sucesso da ação desta madrugada pode muito bem acontecer que a popularidade de Obama suba bastante e não volte mais a cair até ao dia das eleições.

 

Fica no entanto uma dúvida que não vai ser esclarecida rapidamente. Como é que a generalidade do grande Islão vai encarar a situação. Os radicais que simpatizam com a Al Qaeda são uma minoria mas, em qualquer dos casos, existem barreiras difíceis de transpor para que este acontecimento tenha a mesma interpretação nas sociedades islâmicas e no Ocidente.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:39

18
Abr 11

Hoje, a entrevista da Fátima Campos Ferreira ao Professor Freitas do Amaral, teve, entre outras virtudes, a explicação duma forma simples e clara de como os especuladores e agiotas do mundo financeiro, atuam. (CLICAR PARA VER ENTREVISTA).

 

A verdade é esta – Tudo está subordinado ao poder do dinheiro!

 

O poder político, cedendo com o alívio da regulação numa tónica neo-liberal, deixou-se dominar completamente pelo poder do POLVO.

 

Vejam só!

 

Hoje, uma das famosas agências de notação financeira, colocou os Estados Unidos sob vigilância negativa. A desculpa é sempre a mesma, tem a ver com a situação do deficit orçamental e da dívida soberana americana.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:41

17
Abr 11

Disse hoje o antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, que «Estamos mais centrados no dinheiro do que nas pessoas».

 

Evidentemente que se referia à sociedade Norte-Americana mas, infelizmente, é um mal global. Na Europa então, nos últimos anos, as preocupações sociais da maioria dos Países desde o final da Segunda Guerra Mundial, foram dando lugar a políticas neo-liberais e economicistas acima de tudo. Hoje, é esta a orientação da União (?) Europeia.

 

As preocupações sociais deixaram a agenda e, pior do que isso, o desenvolvimento comunitário também saiu do alinhamento das prioridades dando lugar à obtenção do lucro fácil, na mais perfeita prática agiota, através dos grandes bancos, principalmente alemães, holandeses e franceses.

 

Os atuais dirigentes da Europa traíram os seus cidadãos e, a consequência desta conduta, é o desmoronamento da União (?), tal como a conhecemos hoje.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 19:25

11
Set 09

As “gémeas” estavam lá, como se fizessem sempre parte daquele cenário.
A sintonia era TSF, rádio minha preferida à época. A transmissão aflita do que estava a acontecer, fez-me imaginar um ataque em massa aos USA, com aviões de guerra e mísseis vindos, sei lá de onde. O trânsito estava caótico naquela hora de almoço, nos USA eram 9 horas, e a situação embaraçava-me na condução.
 Assim que consegui, observei as imagens em directo e nem queria acreditar no que estava a ver. Uma “gémea” caía como se fosse um baralho de cartas. Logo de seguida a outra, e os outros espectadores, tal como eu, desconheciam exactamente o que se passava. A dura realidade não demorou muito a saber-se.
Os americanos sofreram…
 E o mundo todo ficou a saber…
E o Presidente dos USA era George Bush…
SBF
(Foto: Wikipédia)
publicado por voltadoduche às 23:48

10
Set 09

 

Só desde que o plano de saúde de Barack Obama começou a ter lugar nos noticiários da nossa comunicação social, é que muitos portugueses se aperceberam da importância e do valor que tem o nosso Serviço Nacional de Saúde. Pode não ser o mais perfeito, mas no ranking europeu está seguramente nos lugares de cima. O direito a ser assistido pelo SNS é universal.
Nos últimos dias, tenho-me apercebido do desconhecimento que existe sobre o sistema de saúde que (não) existe nos USA. Neste momento existem 47 milhões de americanos que se adoecerem, não têm forma de se tratarem, só pagando. A única cobertura que existe, são os seguros de saúde privados. As pessoas trabalham, descontam para a seguradora e quando estão doentes ou têm um acidente, estão cobertos por essa apólice. Se têm o azar de ficar desempregados e, por consequência, deixar de ter condições para pagar o seguro, pura e simplesmente deixam de ter qualquer cobertura na doença.
O que Obama quer, é implementar um sistema de saúde universal, idêntico aos que existem aqui na Europa. Para nós é simples e óbvio, mas para a mentalidade ultra liberal americana, isto significa mais impostos, daí a contestação ao plano Obama muito orquestrada pelos republicanos e alas da direita radical e racista.
Barack Obama tem ainda um longo caminho a percorrer até conseguir transformar aquela sociedade que, como se pode ver, não é tão perfeita assim. Entretanto, as recordações do 11 de Setembro de 2001, não vão ajudar.
SBF
(Foto: Wikipédia)
publicado por voltadoduche às 15:41

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO