A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

03
Abr 12

Parece que o bluff da “bitola europeia”, relativamente à ferrovia de mercadorias propagandeada por Passos Coelho e pelo ministro que veio do outro lado do mundo, “antes de ser já o era!” (o bluff).

 

Na verdade, à exceção de Barcelona para a fronteira com a França, no resto de Espanha não existe bitola europeia, só ibérica como em Portugal. Então qual é a lógica da construção da linha de mercadorias desde Sines até Caia em bitola europeia?

 

Na ânsia de deitar para as urtigas o TGV do anterior Governo, alguns pormenores foram mal estudados.

 

Também para esta situação o Poeta António Aleixo disse:

 

«P'ra mentira ser segura/e atingir profundidade/tem de trazer à mistura/qualquer coisa de verdade.»


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:54
tags: ,

22
Mar 12

O Tribunal de Contas é das instituições mais respeitáveis deste País e os seus acórdãos deviam ser sempre considerados à letra, mas que diabo, neste caso decorreram dois anos desde o pedido do respetivo “visto prévio”. Para os dias que correm é tempo demais.

 

O anúncio do abandono do projeto TGV Caia-Poceirão foi feito em grandes parangonas como se de uma grande vitória nacional se tratasse. Era o “enterramento” duma bandeira do último Governo e isso já bastava para o regozijo.

 

Mas bem me parece que “a montanha pariu um rato”. Soube-se há minutos que o Comissário dos Transportes afirmou hoje em Bruxelas, após reunião em que participou o Ministro Álvaro Santos Pereira, que a Comissão chegou a um entendimento com o Governo de Portugal para avançar com a ligação ferroviária, mas mais lenta. A velocidade, ainda assim, alta, será de 200-250 Kms/h. Será assim, um “TGV-MENOS“.

 

Não dava para perceber como se deitavam à rua os fundos já disponibilizados pela UE e como se deixava o “comboio da Europa”, na fronteira. Haveria sempre qualquer coisa a fazer e, neste caso, o ganho com a menor velocidade é a grande redução de custos de funcionamento, designadamente em energia, mantendo intactas as vantagens da ligação a Espanha e à Europa.

 

Em conclusão; Vai haver comboio de velocidade alta (em vez de 350 será de 250 Kms/h), bitola europeia para passageiros e carga, entre Caia, Sines e Poceirão e logo, até Lisboa, correspondendo aos interesses da Europa, de Espanha e de Portugal.


O resto é circo político e não interessa para nada.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:24
tags: ,

17
Ago 11

Tudo o que os partidos portugueses dizem ou prometem na oposição, ultrapassa o “prazo de validade” quando sobem ao poder. O que antes, na oposição, era um tremendo erro, na cadeira do poder pode não ser bem assim.

 

Afinal a linha TGV Lisboa-Madrid já não é imediatamente suspensa?

 

O que mudou desde Maio até agora para merecer a pena reavaliar o assunto e, eventualmente, relançada a linha?

 

Quando é que estes políticos aprendem a não dizer “desta água não beberei”.

 

Tanta “porrada” deram no anterior Governo por causa deste projeto e agora?

 

Telhados de vidro”, é o que todos têm!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:42
tags: ,

21
Jun 09

 

Trinta personalidades da nossa praça, juntaram-se para apelar ao governo que não prossiga com as grandes obras, designadamente o aeroporto, o TGV e mais auto – estradas.
Dizem eles: «Parem, estudem e promovam um grande debate nacional»
Mas estudem e debatam o quê? Há coisas mais estudadas e debatidas que o novo aeroporto e o TGV?
A maior parte destes trinta, são ex dum qualquer governo anterior e, pelo menos um, é ex do actual. O que é que esta gente tem andado a fazer e o que fizeram quando estiveram no governo? Muitos estiveram de acordo com estes projectos e alguns até venderam estudos e planeamentos para estes equipamentos, no caso do TGV, até com mais do dobro das linhas do actual.
Ouvi falar, pela primeira vez, na necessidade dum novo aeroporto de Lisboa, quase à quarenta anos. A portela tem sido remendada e acrescentada, mas agora já não dá para esticar mais, e depois? O aeroporto para o ar e o TGV para a terra. Não temos alternativa. É obrigatório que estejamos ligados à alta velocidade da Europa, para os passageiros e para as mercadorias.
Estes trinta estão a embarcar na visão ultra retrógrada da coligação “Belém+Lapa” e, ao mesmo tempo, a pressionar o fragilizado PS.
Não são completamente verdadeiros, os que dizem concordarem com estas obras, só que não agora, por causa da situação económica e do nosso endividamento externo. Então e daqui a três anos já está tudo bem para avançarem? É claro que têm de arranjar melhores desculpas.
SBF
publicado por voltadoduche às 00:08

17
Jun 09

 

Estamos condenados a marcar passo. Estas duas obras já deviam estar

a andar a sério.

Condeno aqui o Governo PS, por não ter tido arranjado maneira, principalmente no que respeita ao TGV, de não ter as obras já no terreno.

 

É claro que agora, ainda por cima com o resultado do PS nas europeias, a questão do TGV, virou matéria eleitoral e não vai poder avançar porque o Governo, muito embora tenha toda a legitimidade, está fragilizado para tomar uma decisão contrária à opinião de toda a oposição e também do Presidente da República.

Tudo joga na hipocrisia. A construção do TGV começou por estar na agenda do Governo PSD de Durão Barroso, logo, não se trata duma questão partidária como se quer fazer querer agora. Aliás, nessa altura, estava-mos mais ou menos a par dos Espanhóis e Franceses que, entretanto, como medida para contrariar a crise, até estão a acelerar os trabalhos nas respectivas linhas férreas e no material circulante.

 O que o PSD quer, é que não seja o PS a avançar com esta ligação à Euro

 

pa, tornando assim, o nosso País, menos periférico. Cabe na cabeça de alguém, que o futuro comboio vindo da Europa, chegue só à fronteira? Como é que se pode embarcar nisto?

Estas duas obras, assim como os novos hospitais e a actualização da rede escolar, deviam ser,  decisões de regime e de Estado, e não ficarem reduzidas a meras lutas partidárias.
SBF
(Foto: Wikipédia)
publicado por voltadoduche às 00:25

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO