A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

08
Fev 12

O descaramento da “patroa” de Berlim não tem limites. Continua na sua senda intrometida como se a Região Autónoma da Madeira fizesse parte dos seus domínios germânicos. Como muito bem disse Carlos César, Presidente do Governo Regional dos Açores, nenhum Chefe de Estado e de Governo de qualquer País da União Europeia pode referir-se, como o fez Angela Merkel, a determinada Região de um outro País membro. Essa prorrogativa pertence à Comissão Europeia.

 

No mínimo, a Chanceler ignorando qualquer ponta de ética diplomática, intrometeu-se em assuntos internos de outro País e, por via disso, devia ser advertida por exemplo, pelo Parlamento Europeu.

 

Ao mesmo tempo, e relativamente aos “fundos Estruturais” a que se referiu a “Senhora” de Berlim, se o Governo da Madeira os aplicou em estradas e túneis, foi porque assim foram aprovados em Bruxelas. Pelo menos a mesma parte de responsabilidade na aplicação do dinheiro, a União Europeia tem. A culpa dos erros cometidos, se os houve, não foi só do Governo Regional

  

Quando e quem consegue por esta “tipa” na ordem?

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:07

13
Jan 12

Ninguém gosta de ser maltratado e “quem não se sente, não é filho de boa gente!

 

Nestas duas frases enquadram-se todos os cidadãos nacionais que não sejam madeirenses, considerando a odienta maneira como Alberto João Jardim os vem tratando há mais de trinta anos.

 

Não fosse esta postura desmedidamente abrutalhada, quase sempre despropositada, ofensiva e injusta como este senhor se refere aos restantes portugueses e especialmente aos Órgãos de poder nacionais, não me admiraria que fosse objeto de simpatia e apoio generalizado em todo o território nacional, em resultado do desenvolvimento empreendido pelos seus governos na Região Autónoma da Madeira, mesmo que para isso se tenha endividado para além do razoável. No fundo, não fez diferente do que aconteceu a nível nacional.

 

Esta permanente agressividade de AJJ em relação a tudo o que seja do “conti(e)nente”,tem tido, ao longo do tempo do “seu” poder, efeito inverso do pretendido. Aplica-se por inteiro a máxima:

 

“Não é com vinagre que se apanham moscas!”

 

Mesmo com a “corda na garganta” e com o acordo de resgate financeiro à frente, não resiste a mais uma provocaçãozinha, ameaçando não o assinar e provocar uma crise política.

 

Já ninguém o leva a sério. O seu “reinado” chegou ao fim!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:29

21
Set 11

Sempre me pareceu que a Regionalização seria um bom caminho para um desenvolvimento integrado do nosso País. Com o advento da crise e a cada vez mais escassez de meios, principalmente os financeiros, a implementação duma reforma administrativa do território como há décadas se discutia, fica sem sentido.

 

Ainda assim, acho vantajoso, mesmo numa perspetiva economicista, descobrir e capitalizar todo o tipo de sinergias regionais, envolvendo grupos de municípios de forma a criar bolsas decisórias com poder legitimado e reforçado.  

 

Há muito que os portugueses conhecem o Presidente do Governo Regional da Madeira. Se dúvidas houvesse, os últimos acontecimentos e os nomes que este, nestes dias, tem chamado aos portugueses do continente, aos de Lisboa e ao Estado Português, como se ele fosse doutro planeta, todos ficaríamos esclarecidos.

 

Claro que nem toda a gente se comporta como este senhor e sua pandilha mas, nestes tempos e congelando para mim a ideia da Regionalização, acho que não devemos correr o risco de entregar outras regiões do País a um qualquer clone do da Madeira.

 

Deixa-te estar sossegada Regionalização!

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:06

18
Set 11

O “patrão” da Madeira, que por acaso é Presidente do PSD e do Governo daquela Região, pelas irregularidades confessadas que praticou e pela forma
como tem tratado todos os que o questionam, não devia poder continuar a ofender tudo e todos e a desculpar-se com os interesses da Madeira.

 

Se houvesse justiça neste País, o “patrão” já tinha ido dentro há muito tempo mas, como isso é coisa que só acontece nos anos bissextos e, mesmo assim, com alguma dose de sorte, ele e os seus comparsas da Região têm-se safado.

 

O “patrão” não pode continuar impune. Todos sabemos que ele ameaçará tudo e todos, a começar pelos seus correligionários nacionais mas, os mais altos dignitários, que por acaso são do mesmo partido, não podem deixar de tomar posição firme de condenação, sob pena de perderem alguma credibilidade que ainda lhes resta.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 19:44

31
Jul 11

O líder do PSD-Madeira, disse hoje na festa partidária do Chão da Lagoa, no meio das habituais baboseiras, que se não tiver maioria absoluta nas próximas eleições regionais de Outubro, se retira da política.

 

Razão e oportunidade acrescida, digo eu, para que o povo da Região finalmente se liberte de “selo” tão deprimente e que, ao mesmo tempo, «tão bem» trata os seus compatriotas Continentais.

 

Não é por mais nada…é que está “fora de moda!”

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:00
tags: ,

20
Fev 11

Desde este Sábado que as televisões, repetidamente, passam imagens da catástrofe de há um ano na Madeira. Têm passado também reportagens feitas esta semana, com participação de madeirenses que viveram os acontecimentos. Dá para ver que alguns dos entrevistados têm muita dificuldade em falar do assunto mas, duma forma geral, o repórter não desiste.

 

Acho dum mau gosto terrível, voltar a passar imagens de hora-a-hora, sem que as mesmas sirvam para suportar qualquer tipo de notícia.

 

É legítimo que se assinale a passagem dum ano sobre as cheias na Madeira mostrando o que se já se fez, o que se recuperou e o que falta. Também é normal que se fale do que não tem corrido bem e que se apele às autoridades competentes.

 

É incrível como o que vemos nas televisões, tem muito mais a ver com as percentagens de audiência e share do que o interesse do telespectador e da população em geral.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:15

27
Fev 10

1 – Já chega de repetir imagens do desastre no passado Sábado dia 20!
A nossa comunicação social, com destaque para as televisões, instalou-se na Madeira de armas e bagagens e, passada uma semana da enxurrada, em vez de potenciarem os aspectos positivos da recuperação, continuam a repetir sem conta as mesmas imagens de Sábado. Mesmo em paralelo com alguns tempos de reportagem, colocam no ar, ao lado da imagem do repórter, as cenas mais dramáticas, vistas já dezenas de vezes.
Já chega de desgraça!
Todos já vimos as ribeiras do Funchal a transbordarem.
Quando já não houver novidades, os repórteres escusam de “encher chouriços”, desliguem o satélite e passem à frente.   
2 – Nunca pensei apetecer-me elogiar o Presidente do GRA da Madeira, Alberto João Jardim.
As pessoas não mudam a sua atitude de um dia para o outro, e os insultos e as “bocas” que este homem, ao longo do tempo em que está no poder, dirigiu a inúmeras personalidades nacionais, não se apagam assim. Também não precisava de fingir para obter as ajudas que a Madeira agora precisa.
Nesta conformidade, e a propósito dos últimos acontecimentos, acho que Alberto João Jardim, tem sido um verdadeiro líder desde as primeiras horas do fatídico dia, assumindo o comando de todo o processo de reabilitação em todas vertentes, incluindo a diplomática. Também puxou a si o exclusivo de declarações de pendor mais político, referindo de maneira elogiosa o apoio do Governo Nacional, destacando mesmo o Primeiro-Ministro.    
SBF
(Gravura: Wikipédia)
publicado por voltadoduche às 15:33

31
Mar 09

 

O “ex” do Marco de Canaveses ressuscitou que nem Fénix do fogo, e aí está pronto para mais uma jornada autárquica na corrida como independente ao “seu” antigo município. “Quem tem trunfos vai a jogo!”
 Neste final de “Março – Marçagão”, neste final de dia e na expectativa das novidades diárias do “Freeport”. O que será hoje? Mais filme? Mais testemunho desmentido? Mais carta anónima?
No Porto, os titulares das acções do banco… sim, titulares, porque “donos”, às vezes é mentira, emagreceram os gordos ordenados dos gestores e o da “Ilha” botou discurso mal falado como é costume.
E a Teresa Salgueiro?
A voz!
 A Mulher!
Continua arrepiante. A pele de galinha cresce no corpo e a voz… “por esse rio acima” com o Fausto, com o Fernando Lopes Graça, com o Paredes….
Em Miami o Gil complicou a vida ao Espanhol que acabou por levar a melhor.
E lá vai o TGV e nova ponte a grande velocidade… Os outros vão ficar para trás!
SBF
publicado por voltadoduche às 16:33

06
Jan 09

 

 

 

O AJJ fez queixinhas do Governo ao Presidente da Republica.

 

Como será que tratou o mais alto Magistrado da Nação na carta que lhe escreveu – Sr. Silva ou Senhor Presidente?

 

SBF

 

 

 

publicado por voltadoduche às 01:23
tags:

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO