A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

15
Set 13

Há, a quem os milhões (de euros) lhes saem pela boca fora, à medida que lhes entram pelo bolso dentro.

 

É um insulto aos normais cidadãos que, neste tempo, se confrontam com carências de toda a ordem começando pelo essencial para a vida.

 

Por – dá cá aquela bola – embolsam para a sua conta bancária, o suficiente para salvar muitos milhares de pessoas em todo o mundo.    

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 19:46
tags:

19
Ago 12

Vou voltar a ver os portugueses amantes de futebol, agarrados ao rádio durante o fim-de-semana para conseguirem seguir os jogos do campeonato.

 

As televisões generalistas deixaram de garantir a transmissão de jogos e, ao “Zé Povinho”, para os acompanharem em direto, só pela rádio.

 

Ainda há de vir aí quem justifique mais esta constatação como exigência da troika.

 

Ver um jogo de futebol em direto pela televisão, também era um direito.


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:01

28
Jun 12

Chegou ao fim a honrosa participação da Seleção Portuguesa no Campeonato Europeu de Futebol. O jogo de ontem com a Espanha foi revelador do valor da nossa equipa. Ambas as seleções podiam ter marcado durante os 120 minutos mas só uma podia estar na final.

 

O futebol, com todos os seus defeitos, ainda consegue mobilizar os portugueses no bom sentido. À hora da chegada da comitiva ao aeroporto de Lisboa, aí estava a multidão para emoldurar a excelente prestação dos nossos futebolistas na Polónia e na Ucrânia.

 

No entanto, não posso deixar de lamentar a forma como as nossas televisões “encheram chouriços” nas inúmeras ligações diretas e em diferido. Sei que é esta a “escola” e compreendo o papel dos repórteres quando estão no terreno mas continuo a não perceber como insistem em fazer perguntas idiotas às pessoas que estão por perto. É ou não “vazio”, perguntar a portugueses antes do jogo, quem vai ganhar, por quantos e quem marca?


Também me parece muito injusto que a comunicação social tenha destacado sempre Cristiano Ronaldo. Foi assim nos primeiros jogos a propósito da sua fraca prestação e depois quando, dum jogo para o outro, fez duas grandes exibições. Sei que sou suspeito porque não simpatizo com a “pessoa”, embora reconheça a sua qualidade dentro do campo.

 

O resultado é muito positivo e o selecionador Paulo Bento provou, a quem duvidava, a sua singular aptidão para liderar a Seleção.

 

Parabéns a todos!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:33

04
Abr 12

Mourinho tem tanto de bom treinador como de arrogante e pretensioso.

 

É o melhor treinador do mundo e, desse ponto de vista, admiro-o e desejo que continue a ter sucesso na sua carreira. Não tenho dúvida que quando for treinador da nossa Seleção, os resultados serão inevitavelmente bons. Tomando como certo o que agora é desejo, não quer dizer que, até lá, a Seleção não possa ter grandes vitórias e ganhar mesmo algum torneio importante.

 

Ou seja, quando Mourinho diz a um jornal italiano que um dos seus três principais objetivos é levar a Seleção portuguesa a ganhar pela primeira vez um grande título, desrespeita e passa atestado de incompetência ao atual selecionador, seu colega de trabalho, e outros que eventualmente se sigam, até que chegue a vez dele.

 

O comportamento é antissocial, egocêntrico e denuncia um certo desequilíbrio do foro psicológico, no mínimo.

    

«Presunção e água benta, cada um toma a que quer!»


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:51

03
Mar 12

Depois deste “trágico” fim de semana para a cidade Capital

 

pois, perderam os maiores da segunda circular,

 

começam a correr pelos circuitos da imprensa universal, notícias que dão conta das movimentações envenenadas das principais agências de notação que culminarão em mais uma descida de nível da Capital à beira rio plantada.

 

Neste início de Março, a vinte dias da Primavera, o alfacinha carrega a sina de perdedor.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:11
tags:

28
Abr 11

O futebol português, com todos os seus defeitos, ainda nos pode valer nestes tempos complicados. Não podemos deixar de sentir – nem que seja só uma pontinha – orgulho de sermos quem somos, quando conseguimos juntar três equipas portuguesas nas meias-finais dum campeonato europeu, e, a um passo muito pequeno, das finalistas serem duas dessas.

 

O facto (praticamente garantido) de ser uma equipa portuguesa a ganhar a Liga da Europa, não resolve os problemas do País, mas faz-nos muito bem.

 

Vamos aproveitar esses momentos!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:46

25
Mar 11

De Carlos Queiroz já se sabia que viria discurso e respostas aos jornalistas visando os seus detratores. Já o mesmo não se pode dizer relativamente a um atleta no ativo e que também foi selecionado do ex-selecionador. Pepe não se deve referir a assuntos completamente alheios à sua condição de jogador e ainda por cima quando a seleção está concentrada.

 

O ex-selecionador não tem papas-na-língua e, como é seu hábito, acaba por falar muito mais do que a conta. Mas, ainda assim, tem uma grande margem de tolerância porque, tudo o que lhe fizeram merece castigo e, com certeza, não é isso que vai acontecer, acabará por ficar assim mesmo. Se o seu tempo tinha chegado ao fim, despediam-no e assumiam as responsabilidades, mais nada!

 

O Tribunal Arbitral do Desporto deu razão a Carlos Queiroz e repôs a capacidade profissional do Professor. Não era difícil acreditar neste desfecho. Só se lamenta que este Tribunal não tenha poder para punir a outra parte.

 

A punição, a toda a estrutura do futebol português, traduz-se pela não eleição de Gilberto Madail para a Comissão executiva da UEFA. Parece pouco mas não é. Ficamos completamente de fora do “gabinete” que gere o futebol na Europa e com muito peso na FIFA. Há muitos anos que não estávamos tão em baixo em termos de influência nas instâncias internacionais do futebol.

 

Tudo por causa de uns “meninos” caprichosos que pensam podem mandar no País, como mandam no seu quintal. E agora, como é que ficam?

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:36

22
Fev 11

 

As emoções e as paixões que um jogo de futebol comporta, estão muito para além do que é razoável para um normal ser humano.

 

Todos nós devíamos ter capacidade para repelir o que é mau, nem que para isso o corpo tivesse de estar equipado com uma espécie de alarme. Esse acessório, sempre que houvesse perigo dum desentendimento, desataria num berreiro tal, que, automaticamente, desativaria a má onda e tudo voltava à paz.

 

Ontem, assistimos mais uma vez a tudo o que de pior nós transportamos. Não interessa se foi em Alvalade ou na Luz. Foi num jogo de futebol. Ouvindo as duas partes em confronto – a polícia e os adeptos – não conseguimos chegar a nenhuma conclusão sobre quem não fez o que devia fazer.

 

Um Estado civilizado não pode admitir que situações destas aconteçam. Em cenários como os de ontem, as regras devem ser claras e aplicadas aos prevaricadores duma forma sumária e sem contemplações.

 

Temos muitas outras coisas que nos preocupam, não podemos gastar energias com razões comezinhas e fanatismos primários.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 21:57

10
Jan 11

No meio futebolístico, mesmo em Portugal, muitas dúvidas houve se Mourinho ganharia o troféu da FIFA de melhor treinador do mundo relativamente a 2010. A realização do Mundial, a vitória da Espanha com o treinador Del Bosque e a campanha mediática dos seus detratores, colocavam-no em desvantagem.

 

Verificou-se que, mesmo em ano de mundial, o que conta mesmo é a prestação dos treinadores ou atletas nos seus campeonatos nacionais e continentais. Aconteceu com José Mourinho que ganhou tudo com o Inter de Milão e com Messi que, muito embora o fraco mundial ao serviço da sua seleção, a Argentina, continua a encantar, enquadrado na sensacional equipa do Barcelona e, por isso, voltou a ganhar o troféu da Bola de Ouro.

 

Não conheço o homem José Mourinho senão da forma como se apresenta na comunicação social e, admito, que no resguardo das suas relações mais próximas seja uma pessoa diferente, mas, pelo homem que me entra pela casa dentro ou de quem eu leio nos jornais, não tenho simpatia. O homem mostra-me características que eu não aprecio em ninguém. Será a interpretação de uma personagem que ele criou e leva essa representação até ao limite? Pode ser, mas então, eu não gosto do papel.

 

Do ponto de vista profissional, é de fato o maior! Os resultados falam por si e, neste momento, já não precisa de provar nada a ninguém.

 

Gostei muito da forma como reagiu, como justificou o uso da nossa língua – sou um orgulhoso português – e, como e com quem partilhou a conquista do troféu. Em menos de um minuto, deu uma lição de patriotismo a muita gente que anda por aí…,anos a fio, e, não o conseguem, não sabem ou não o querem fazer.

 

Hoje, existem todas as razões para estarmos orgulhosos de José Mourinho e, como ele, por sermos portugueses!

 

Silvestre Félix

(Foto: DN Online)

publicado por voltadoduche às 20:02

28
Dez 10

 

Com os novos estatutos da Federação Portuguesa de Futebol adequados ao atual Regime Jurídico das Federações, as Associações Distritais perdem representatividade na Assembleia Geral da FPF de 55% para 35%, daí, a sua resistência, ou pelo menos de algumas, em chegar a acordo quando à redação final do documento.

 

Tudo se move em função do caciquismo, mesmo que estejam em causa os superiores interesses do futebol português. Estavam a preparar-se para eleições e, como, “enquanto o pau vai e vem, folgam as costas”, lá estariam, defendendo os seus patrões, durante mais não sei quanto tempo.

 

Como (dizia o Variações) “quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga”, os senhores, que até agora mandam na Federação, têm de abrir mão do poder ou a FIFA decreta férias para o futebol português.

 

Apressem-se, e saiam de fininho com o “rabinho entre as pernas”!

 

SBF

publicado por voltadoduche às 14:34

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO