A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

10
Mai 12

Esta cimeira ibérica foi completamente sem sal. Austeridade, austeridade e mais austeridade.

 

Por cá, ou seja, no que respeita à política interna, o ninho de espiões das “secretas” portuguesas dominam o interesse da comunicação social. O ninho tinha tantos ovos que alguns vão caindo pelo caminho escancarando alguns segredos que “já eram”.


Outro interessante assunto que vai ocupando os “tempos” de notícias é o pretexto que o Governo deixou para o PS marcar terreno no seu papel de maior partido da oposição. É claro que o PEC ou o DEO, como lhe queiram chamar, devia ter passado pelo Parlamento e, especialmente pelo PS, antes de ser dado como pronto a apresentar em Bruxelas. Até parece que há pouco mais de um ano, não foram os que estão agora no Governo que, com o argumento de não terem sido antes informados do PEC IV, tiraram o tapete a José Sócrates. Não venham dizer que este documento é diferente, que assim…que assado…, projeta os limites de despesa para o futuro e tem horizonte temporal que vai para além da legislatura logo, é legítimo que seja discutido na Assembleia antes de ir para Bruxelas.


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:24

21
Nov 11

Nestas eleições espanholas, o partido ganhador seria sempre o da oposição como aliás vem acontecendo pela Europa fora.

 

Nestes tempos não interessa nada se vira à direita ou à esquerda.

 

Com descrença em tudo e todos, uma completa ausência de crédito ideológico e partindo duma situação de profunda crise económica que atinge no bolso a grande “massa” de eleitores, o resultado final é sempre favorável a quem ainda pode trazer alguma esperança, ou seja, quem não esteja comprometido com o negativo do tempo. E, se ainda assim, mesmo com a legitimidade do voto popular, a nova política não agradar aos “mercados” (capital, polvo de cabeça grande e múltiplos tentáculos, ou qualquer outro ser fantasmagórico), estes se encarregarão de colocar no poder quem lhes faça a vontade, como já aconteceu na Grécia e na Itália.

 

Esta é a lógica de caracol dos “mercados” (capital, polvo…)“devagar se vai ao longe!”.

Quem pensa que hoje está a salvo, que vá “pondo as barbas de molho”, porque os tentáculos lá chegarão.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:56

25
Set 11

Neste mundo globalizado, onde as torneiras noticiosas jorram umas e outras, boas (poucas), más ou assim-assim, fornecendo material que, por muito que
seja, nunca consegue saciar a sede dos fazedores de opinião, consegui reter no filtro que lhe apliquei, um acontecimento que, para mim, marca pela positiva estes dias que se preparam para encolherem e arrefecerem, juntando-se aos outros castigos que os inteligentes já prepararam para todos nós.

 

O adeus à tourada na Catalunha, embora tenha motivações políticas, não deixa de ser uma vitória para os que defendem o seu fim em toda a Espanha. Será que estamos perante o início desse fim? A ver vamos o que vai acontecer no resto do País.

 

Cá por mim, também não gosto de ver o animal ser repetidamente espetado como se de um alvo se tratasse. É um ser vivo que sofre e que não provocou ninguém para que o tratem tão mal assim.

Silvestre Félix
publicado por voltadoduche às 19:24

22
Mai 11

As eleições regionais e autárquicas realizadas hoje em Espanha tiveram uma abstenção superior a 50%. A fraca adesão é demonstrativo do desânimo que corre pelos nossos vizinhos tal como acontece em Portugal. Muito provavelmente, a taxa de abstenção das próximas legislativas a 5 de Junho, não vai ser menor que a dos espanhóis.

 

A outra notícia interessante que nos chega de Madrid é que a mobilização iniciada pelo Movimento 15 de Maio que, tudo leva a crer, vai manter-se por mais uma semana. Embora formalmente ilegais, as concentrações têm-se mantido sem qualquer tipo de repressão. Os manifestantes exigem mudanças institucionais no sistema político em Espanha e protestam pela degradação das condições de vida e pela ausência de medidas que contrariem as elevadas taxas de desemprego.

 

Esta organização conhecida por M15 é dinamizada por gente muito jovem e, pelo que se diz, encaixa noutros movimentos que vão aparecendo em vários países europeus como, em Portugal, a nossa “geração à rasca”.

 

Tanto os partidos políticos existentes como as estruturas sindicais clássicas deixaram de dar resposta às necessidades dos jovens que saem qualificados das Universidades e, perante as dificuldades, aguçam o engenho e, eles próprios, organizam-se autonomamente. É uma nova realidade para que os poderes instituídos nos vários países da Europa não estavam preparados e, muito provavelmente, não vão ter tempo de arranjar defesas.

 

Por isso cuidem-se!

 

As “gerações à rasca” estão aí e a mexer!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 21:59

02
Dez 10

 

A possibilidade de Portugal e Espanha realizarem o campeonato do mundo de futebol em 2018, não era só importante por razões economicistas e pelo desenvolvimento do desporto em geral e do futebol em particular, mas, e para mim principalmente, para o impulso que este projeto comum podia dar a outros que tivessem na base a defesa de interesses dos dois países ibéricos, no âmbito da Europa e do resto do mundo.

 

Foi pena, mas tenho esperança que o pioneirismo de Gilberto Madail e Ángel Villar em se lançarem nesta luta, seja exemplo para que outras vertentes das duas sociedades como a desportiva, a política, a empresarial ou a social que, por sua vez, se subdividem em tantas outras áreas, capitalizem tudo o que nos une e, por conveniência de todos, utilizem de fato, os méritos da “Aliança Ibérica”.

 

SBF

publicado por voltadoduche às 16:27

01
Dez 10

 

Hoje, dia 1 de Dezembro, comemora-se a restauração da Independência de Portugal, face a Espanha, neste dia, em 1640.

 

É a data mais representativa da ligação existente, desde sempre, entre os dois Países, mas, por outro lado, do destino secular de vivermos de costas voltadas até há bem pouco tempo.

 

O dia 1º de Dezembro é hoje considerado o feriado mais importante da causa monárquica portuguesa. Em 1640, neste dia, o Duque de Bragança torna-se Rei como D. João IV e, os Bragança, manter-se-iam no trono até à implantação da República em 5 de Outubro de 1910.

 

Em Portugal existem inúmeras Associações e Clubes que adotaram a designação de 1º de Dezembro. Aqui, bem perto de mim, existem a Sociedade União 1º de Dezembro de São Pedro de Penaferrim, em Sintra e, também no mesmo Concelho, a Sociedade 1º de Dezembro em Rio de Mouro.

 

Os que, convictamente, comemoram o 1º de Dezembro, não gostarão da ideia da “Jangada de Pedra” de José Saramago mas, para o bem e para o mal, nos tempos que correm, Portugal e Espanha estão mesmo barco!

SBF

publicado por voltadoduche às 16:36

30
Nov 10

 

As eleições da Catalunha, no passado Domingo, vieram reavivar a questão dos “nacionalismos” no espaço europeu e, muito particularmente, em Espanha. A vitória da “Convergência e União” (centro-direita) de Artur Mas foi esmagadora e, juntamente com a situação não resolvida da Flandres, volta a colocar o tema na ordem do dia.

Esta é uma questão, entre muitas outras, que os atuais dirigentes da União Europeia não estão a resolver. A cidadania europeia está muito mais distante do que estava há dez ou quinze anos atrás. A maioria dos que estão em Bruxelas, agem em perfeita sintonia com o diretório (França e Alemanha) onde, o que só importa, são os interesses egoístas dessa Europa que, de fato, já deixou de ser a nossa.

Esta Segunda e Terça-Feira, decorreu em Tripoli a Cimeira UE-África, instituição recuperada por Portugal em 2007,durante a presidência portuguesa. Também aqui se viu o pouco interesse que a União Europeia tem demonstrado pelo desenvolvimento das relações e estabelecimento de parcerias com o continente africano, que, não se limite, aos negócios bilaterais entre estados.

 

O polémico líder líbio, Muammar Kadhafi, que não costuma ter “papas na língua”, disse ontem que:

 

“As parcerias económicas combinadas entre os dois continentes na cimeira de Lisboa em 2007, não levaram a nada, acabando por não passarem do papel.”

E ainda disse mais:

 

“Se os europeus não cooperarem com o continente africano, a África vai virar-se para a América Latina, Rússia e China.”

 

A União Europeia não avança de nenhuma maneira. São só planos de austeridade, controlo de deficits dos periféricos e reforço do poder do diretório. Quanto a desenvolvimento e investimento integrado, implementação de políticas comuns de recuperação do emprego, nada!

 

“A esperança é a última a morrer”, mas, desta maneira, o fim, nem nos vai dar tempo de ter esperança!

 

SBF

publicado por voltadoduche às 16:10

01
Jun 10

 

Numa altura em que a defesa dos interesses de Portugal e Espanha, face a uma outra Europa (UE?), deve passar pela uma – cada vez mais – união de esforços, a luta pela empresa “Vivo” no Brasil, prejudica muito as boas relações Ibéricas.

 

“As dificuldades aguçam o engenho” e é isso que está a acontecer com os inúmeros encontros diplomáticos, de negócios ou simplesmente de cortesia, entre Governos de várias regiões autonómicas de Espanha e alguns municípios portugueses e o Governo português. Nestas reuniões, invariavelmente se trata de defender o desenvolvimento das regiões ibéricas (sem considerar a linha de fronteira Portugal/Espanha), junto das instituições europeias.

 

Já algumas vezes aqui tenho manifestado a minha pouca simpatia pelo homem José Saramago, pela maneira como intervém publicamente sobre variados assuntos, mas, gosto da sua escrita, e quase sempre tenho um livro dele na linha de leitura. Há dias, e a propósito do tema deste meu escrito, fui buscar à prateleira, “A Jangada de Pedra”. Estou a ler outra vez esta “forçada” união Ibérica de Saramago e, passados vinte e tal anos desde a primeira leitura, descobri-lhe um sabor diferente.

 

As condições difíceis do presente, especialmente acentuadas nos dois Países, exigem que se reforce a resistência Ibérica de modo a que os “mandantes” (a outra Europa e afins) tenham mais respeito por nós.

 

SBF

 

(Gravura: Península Ibérica - Wikipédia)

publicado por voltadoduche às 19:32

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO