A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

11
Fev 13

Entre a renúncia papal e as pazes dos “senadores” Alegre e Soares passam muitos outros sinais de vitalidade desarranjada desta nossa troikada sociedade. O número de quatro mil milhões ou quatro biliões ou, ainda, quatro bilhões como alguns Lusófonos dizem, vai entrando no palavreado do dia-a-dia dos fazedores de opinião e, o comum cidadão tem de levar com a verborreia toda.

 

De sacrifício já ninguém nos tira. Tiram outras coisas, do bolso, com que se compram os melões. Se do BPN voaram sete mil milhões ou sete biliões ou, ainda, sete bilhões como alguns Lusófonos dizem, porque não vão atrás deles e ainda ficam, a haver, três mil milhões ou três biliões ou, ainda, três bilhões como alguns Lusófonos dizem e de caminho enfiam com os vigaros na cadeia?

 

Entre o jantar do “patriota” Brito (como se diz no Expresso online) e a carne de cavalo que por aí ou por lá, andam a vender como se de vaca fosse, muitas vigarices e muitas aldrabices enfiam ao “Zé Povinho”. Bem procuro, mas continuo a não encontrar nenhum indício de que tenha havido algum auto de fé promovido pela santa, ou nem por isso, inquisição, em que, para compor a pira ardente no andar debaixo do cadafalso, se lhe empilharam notas de quinhentos euros, muito bem empilhadinhas e, por via dessa fogueira, tenha ido para o beleleu todo o dinheiro que anda faltando nos nossos bolsos.

 

O lucro da GALP aumentou quarenta e três por cento em dois mil e doze!!!!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 20:05

02
Mai 12

O BPN revelou-se um monte de “ossos duros de roer” e, quando assim é, ao cabe-lhe sempre a pior parte. Não porque queira, mas porque lhe impõem e, se preciso for, bem encostado à “parede”.

 

Passados quatro anos da bronca rebentar, cria-se mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito e promovem-se mesas redondas (ou quadradas) onde todos os “inteligentes” ditam frases babadas de sabedoria e não perdem nenhuma oportunidade de dar mais umas patadas nos que tiveram de decidir num contexto adverso e de futuro incerto. Tudo seria mais fácil se, antes do jogo começar, já se conhecesse o resultado final mas, para isso, era necessário aplicar muito exercício de adivinhação.

 

O muito grave, para além do que tiraram e vão continuar a tirar do bolso do , é que o assunto BPN serve para todos os arremessos, incluindo o “branqueamento” da culpa dos principais vígaros e seus comparsas. Dá a sensação que não houve quem praticasse a fraude e, admitindo que sim, os maus da fita são os que não a descobriram antes de ter acontecido.

   

Que se poupem energias e que a justiça corra atrás dos verdadeiros culpados que já deviam estar condenados e bem presos!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 15:13
tags:

11
Mar 12

O BPN tem-se revelado um “bico d’obra” e um “saco sem fundo” que ninguém consegue resolver. Todos tentam encontrar ou criar “bodes expiatórios” para a inacreditável situação do falido banco.

 

O atual PS tenta fazer crer que só este Governo é responsável pelos “balões” e prejuízos que o BNP continua a “chupar”, o PSD e o CDS continuam a culpar o PS e o anterior governo pelo que correu mal em consequência da nacionalização.

 

Estes não têm culpa do que herdaram mas, relativamente à nacionalização, é muito fácil “dar prognósticos depois do jogo” – se o governo de Sócrates não tivesse feito nada e, da forma como as coisas estavam a evoluir, os depositantes, com medo da situação, começassem a correr ao BPN e, por contágio, aos outros bancos, para levantarem todo o dinheiro depositado? Como ficávamos? Como ficava o País?


Com este “dirás tu, direi eu”, ninguém já fala dos verdadeiros culpados da situação, os antigos ministros de Cavaco Silva; Oliveira e Costa, Dias Loureiro e restantes comparsas. Os “senhores” continuam sem ser julgados, nem sequer estão presos e estes nossos políticos no ativo esgatanham-se todos por causa do “bife”.

 

Agora, aprovaram mais um inquérito parlamentar onde vamos voltar a assistir ao circo habitual. Vão uns, vão outros e, no fim, fica tudo na mesma – os culpados passeiam-se e gozam todos os prazeres da boa vida com o produto da vigarice…


e o , paga!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:29

25
Fev 12

Para ver os milhões a passar é que cá estamos!

 

E o BPN chupa…chupa!

 

Não há aspirador mais eficaz que este. Então, mas já não foi vendido ou despachado com prémio?

 

Se foi, porque é que temos que continuar a enfiar lá dinheiro?

 

E quando é que os “vigaristas” vão para prisão?

 

Se não foi o que levou o banco à falência, porque é que tem de ser o a pagar os prejuízos?

 

Se foram os “inteligentes” que desfalcaram porque não são eles a pagar?

 

O Bastonário da Ordem dos Advogados tem razão – Uma justiça para o e outra diferente para o “inteligente”!


É preciso acabar com a impunidade!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 19:37

07
Jan 11

Já não há pachorra!

 

Fechem a porcaria do BPN e comecem outro de novo.

 

O cidadão comum, a quem a discussão do BPN diz muito pouco ou mesmo nada, tem de gramar as mesmas conversas, com os mesmos protagonistas, dezenas de vezes por dia. As televisões não fazem nem falam noutra coisa. As interpelações aos candidatos presidenciais, invariavelmente são sobre o BPN. As entrevistas e os debates que fazem em estúdio têm como principal prato da ementa, o BPN.

 

Ninguém duvida, que o BPN era um “madoff” em ponto pequeno, só que o figurão americano foi preso e condenado em seis meses e, aqui, neste “retângulo à beira-mar plantado”, já passaram dois anos desde que estalou a bronca e, só agora, vai começar o julgamento do principal arguido do processo que junta vários antigos administradores e altos funcionários do banco.

 

Com sorte, e depois dos nossos competentíssimos tribunais despacharem centenas de testemunhas arroladas e infindáveis recursos, lá para a próxima década talvez se consiga concluir que, afinal, não era tanto assim e que são todos “boa gente”.

 

Entretanto, a campanha presidencial que se augurava calma e pacífica, virou atribulada e agressiva porque, em tempos, um dos candidatos, como dezenas, centenas ou milhares de outros investidores, teve produtos financeiros da SLN e transacionou-os com apetecível lucro. Acresce que os, agora arguidos, têm sido, ao longo dos anos, amigos do peito e do partido, deste mesmo candidato presidencial.

 

E aqui é que está o busílis!

 

O professor, sabendo a delicadeza da coisa, encarando a situação de comprar e vender com obtenção de lucro absolutamente normal, não deveria dedicar-se ao exercício arrogante de se referir à atual administração do BPN da maneira como o fez. Com humildade e falando naturalmente sobre o negócio, poderia ter passado por isto com a maior das facilidades, evitando todo este circo e, pior do que isso, a corrida aos balcões do BPN para efetuarem levantamentos que já vão em 200 milhões. Ou seja, se o banco estava mal, decerto que está muito pior agora.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:20

27
Mai 09

 

Degradante aquele débito de páginas e páginas escritas que o homem trazia da sua cela de prisão.
Ouvindo-o, até parece que é vítima de todo o mal que há no mundo, e que é inocente até aos “sete costados”.
Não adiantou nada de essencial. Só tentou lançar os outros também para o meio da fogueira, tipo: Se eu for, vocês irão comigo! Pode até acontecer que outros também sejam constituídos arguidos, mas não me parece que seja por causa deste depoimento.
SBF
publicado por voltadoduche às 10:11
tags:

24
Mai 09

 

 
Será que já não lhe chega o seu grupo de casa sede na Maia e casa morada na Foz com vista para o “queijo” que é castelo? De cautelas e bom senso não tem de ensinar a CT da autoeuropa. Ora, o senhor Azevedo que fique com os seus sábados e domingos e não meta a foice em seara alheia.
Na sua seara tem metido o M Alegre com muita inteligência e bom senso. Temos candidato a Belém?
Neste caso não é para Belém mas é para Alvalade ou para Academia de Alcochete ou para o Alvaláxia XXI. Bom, seja lá para onde for, o que interessa é que a lufada de ar fresco finalmente chegou com o José Eduardo Bettencourt a confirmar a candidatura à presidência do Sporting.
De fresco não tem nada, antes pelo contrário, e o “folhetim” do BPN continua. O homem agora diz que (diz) tudo que ainda não foi dito, e até que é; “uma espécie de inocente”…
Quem agora diz tudo também, é o cabeça de lista do PSD ao PE. Onde e como está a MFL? Só o Rangel se vê e se ouve! Não te cuides não MFL, que vais ver a volta que levas.
Na conversa das europeias para o Vital, nem com “ameaças de agressões” todas as semanas, lá vai. Mas que falta de vitalidade.
Continuando pelo mesmo verbo dizer, quem diz tudo e mais alguma coisa e até demais, é o bastonário da AO. Não vou à bola com ele, mas que ele diz o que mais ninguém tem coragem de dizer e sem virar a cara, lá isso é verdade.   
Também é verdade que o ministro M Lino disse que o IC30+IC16=A16 vai estar pronto em Setembro e não é por causa das eleições… Não! Mas quem é que ia pensar uma coisa dessas.
SBF

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO