A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

06
Out 09

 

A República Nunca Existiu!
De colectiva de autores
 
“Trata-se de uma antologia de contos sobre um Portugal onde o regicídio de 1908 falhou” (na capa do livro) e a República nunca foi proclamada.
Assente neste pressuposto, são 14 “histórias” diferentes, escritas, cada uma por seu autor.
São dignos exercícios de imaginação, encaixar personagens verdadeiras do nosso tempo, em República, nas histórias construídas pelos nossos autores. Imaginar um Oliveira Salazar, primeiro – ministro do reino, Sá Carneiro, liberal progressista do parlamento real, ou Álvaro Barreirinhas Cunhal ao serviço do Rei e da Monarquia de Portugal.
Também podia ter acontecido uma repetição da história, com a família real a voltar a exilar-se no Brasil que também não era República mas sim o grande Império da Casa de Bragança. O exílio teria acontecido em virtude da eminente invasão do reino pelas tropas espanholas de Franco.
A propósito deste 5 de Outubro, que fora diferente como o actual Presidente gosta, e que, com a aproximação das comemorações do centenário da proclamação de República, regressa a discussão sobre os meios utilizados há cem anos, incluindo o assassinato de D. Carlos e D. Luís Filipe em 1908, a leitura desta antologia tem redobrado interesse.
O Editor foi Luís Corte Real e de “Edições Saída de Emergência” em Janeiro de 2008
SBF
(Gravura: Capa do Livro)
publicado por voltadoduche às 01:36
tags:

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
24

25


mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO