A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

18
Jan 13

« …Era uma vez um país

de tal maneira explorado

pelos consórcios fabris

pelo mando acumulado

pelas ideias nazis

pelo dinheiro estragado

pelo dobrar da cerviz

pelo trabalho amarrado

que até hoje já se diz

que nos tempos do passado

se chamava esse país

Portugal suicidado. …»

 

Parte do poema revolucionário “As portas  que Abril abriu” de José Carlos Ary dos Santos que morreu a 18 de Janeiro de 1984, faz hoje 29 anos.

 

Esta obra do Ary foi escrita em 1975. O PREC fazia o seu conturbado percurso mas era o tempo da esperança…

 

Todas as homenagens lhe são merecidas!


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 15:35

Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO