A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

30
Jun 09

 

 

A Vida num sopro
De José Rodrigues dos Santos

Uma “viagem” ao tempo da ditadura. Com a genialidade de José Rodrigues dos Santos, o leitor entra na história pela “portada” do amor. Dois jovens naqueles anos 30 do século passado, que se apaixonam e que têm a infelicidade de tropeçar, por duas vezes e em tempos diferentes, no salazarismo e nos salazarentos.

A luta antifascista de valor e intenção universal, com os carrascos da pide sempre na cola, era feita no dia a dia de pequenas coisas, que muitas vezes tinham mais a ver com a vontade de eliminar os valores ultra conservadores da sociedade portuguesa. Em crescendo, e como reacção natural à repressão imposta pelo “aparelho”, a consciência da falta de liberdade ia aumentando.
O quadro da época é completado com o desastre da guerra civil espanhola, e com a intervenção “de fininho” das autoridades portuguesas, sempre com a última palavra do ditador e dos carrascos da pide.
Para mim, até agora, o melhor romance do JRS é “A Filha do Capitão”, mas “A vida num sopro” é um excelente romance que recomendo. Tal como desta vez fez o JRS, acho que este período da vida portuguesa, deve ser abordado, duma forma descomprometida e sem tabus, por outros autores portugueses.
A edição é da “Gradiva” e a primeira de Outubro de 2008.
O José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 em Moçambique e é conhecido do grande público através da sua profissão de jornalista da RTP. É Doutorado em Ciências da Comunicação e professor da Universidade Nova de Lisboa. Este é o seu sexto romance.
SBF
(Gravura: Capa do Livro)
publicado por voltadoduche às 00:14

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27



mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO