A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

25
Jun 09

A direcção da Costa do Sol e a areia a desaparecer na ondulação. O Grego e os camarões. O areal fica coberto e o sol do Índico ainda. Triunfo se dizia e autódromo se fazia, e agora no bazar do peixe se vende. Ainda com os símios atentos à guloseima, lá pela frente os prédios da Polana e da Julius Nyerere alinhadinhos até à vermelha.
À porta medalhado e o Polana abençoado. A baía lhe deixa a brisa pelas bandas da piscina e dos aposentos do mar. E o chá das cinco com os bolinhos na bandeja cromada e levada com luva branca. Lá em cima, na esquina com a 24 de Julho, o Piri Piri do frango e camarão da esplanada gostosa e passeio movimentado.
De Eduardo Mondlande como grande o nome, só podia ser a avenida. Na escola o Bruno aprendeu a ler, a cantar e a saber quem era “Vô Kaunda” e “Papá Samora”. Muitas faixas de rodagem desde a Julius Nyerere até Alto Maé. São muitos quilómetros. Na esquina noroeste com a Vladimiro Lenine, em oito pisos acima de ascensor sempre em baixo, o Ferraz, a Gilda e a Virgínia, a tomarem conta e que saudades.
Paredes com o Império e o Scala do outro lado o fonte azul parceiro da velha fortaleza e o pão quentinho na de Timor Leste que muitos anos depois havia de festejar a libertação. No quarenta e seis a moçambicana de cargas e o Reynolds e o Rafique e o Amaral e o Jaime e o Eugénio e o P Lobo e a Conceição e outros e mais outros…
Os aromas das especiarias do bazar e o cheiro da madeira do artesanato, e lá debaixo o saco do camarão. Oh Ferraz, o que vai fazer para o almoço? Não tem nada senhor, só camarão. Ok, camarão e batatas? Não tem senhor, só tem farinha milho e frita palito. Ok, é um bom petisco.
25 de Junho de 1975. Passaram 34 anos desde a proclamação da independência de Moçambique. O mundo deu muitas voltas e Moçambique também mudou muito desde essa altura. A minha lembrança mais longínqua, é a que digo em cima, de 1982. A lembrança mais recente é de 2000. 
Que a paz esteja sempre convosco. Os Moçambicanos merecem tudo de bom. Um grande abraço Moçambique e especialmente para os meus amigos. Eles sabem quem são.
Silvestre Félix
SBF
25 de Junho de 2009
(Fotos: Wikipédia - Topo: Vista geral de Maputo desde outra margemda baía - Em baixo: Mapa bandeira)
publicado por voltadoduche às 00:19

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27



mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO