A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

02
Ago 12

O Diário de Notícias de hoje faz eco de diligências efetuadas pela Associação Portuguesa de Energias Renováveis junto de várias entidades ligadas ao poder.

 

É lamentável que os ministérios estejam a “livrar-se” dos automóveis (100%) elétricos que o anterior governo deixou nas garagens em resultado da positiva política de substituição da energia fóssil pela limpa e renovável.

 

O atual Governo enganou-se na ordem de “despejo”.


Devia fazê-lo, sim, mas era em relação aos “topo de gama” que continuam a circular por aí transportando todos os “mandatários” deste poder que congelou uma das políticas que mais podia fazer pelo nosso futuro – A autonomia energética, ou a caminho disso.

 

As boas decisões não deviam ser eliminadas só porque vieram dos governos de Sócrates.

 

As declarações que, às pinguinhas, os atuais governantes têm feito a propósito, não convencem ninguém e, antes pelo contrário, a prática e os (não) resultados provam que a aposta nas energias renováveis (água, vento, sol e biomassa) parou e não existe qualquer perspetiva de futuro.

 

Há cerca de dois anos, o The New York Times anunciava na primeira página o sucesso e a liderança de Portugal nas renováveis…

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:18

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
16
17
18

21
22
25

26
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO