A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

31
Mar 12

O Partido Socialista chegou ao fim de semana com a “candeia às avessas”.


Como disse António Costa, a extemporânea «discussão de questões estatutárias do partido» não deixa o PS, bem na fotografia. Os portugueses reclamam que se gaste energias noutras matérias que não sejam só internas do PS; que o maior partido da oposição sirva de eficaz alternativa para as medidas mais gravosas do Governo; e que passem para “fora” uma imagem de organização credível e capaz de assumir as suas responsabilidades.

 

Também não fica nada bem ao PS descartar-se com alguma frequência do passado recente. Cometeram-se erros que devem ser reconhecidos e assumidos e também capitalizar os sucessos que os houve e não foram poucos.

 

O líder, António José Seguro, sempre teve muita dificuldade em lidar com a herança. Não nos podemos esquecer que, após as últimas eleições, quando Sócrates acabava de reconhecer a derrota e anunciava no mesmo momento o seu afastamento de liderança, Seguro, no outro canto da sala, já confirmava a sua candidatura ao lugar que ia ficar vago.

 

Espera-se, os portugueses esperam do Partido Socialista responsabilidade e que, no seu lugar, faça o trabalho certo sem ter de descartar o passado. Deixem as lutas “intestinas” para um período mais calmo que, todos queremos, venha a acontecer daqui a “uns tempos”.


Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:57

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10


18
23
24

26
27
28
30


mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO