A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

31
Mai 11

Marcelo Rebelo de Sousa é bem conhecido de todos os portugueses como destacado militante e ex-líder do PSD.

 

Por este facto, a sua intervenção na comunicação social, designadamente na televisão e na qualidade de comentador, não pode inibi-lo de manifestar a sua opinião porque é disso mesmo que se trata.

 

Acontece igual com tantos outros opinadores e comentadores que a toda a hora nos entram pela casa dentro e, a maior parte deles, não sabemos que “instrumento” tocam. Não é o caso de MRS. Quando o ouvimos ou vemos, sabemos perfeitamente qual é a sua cor e isso, deve ser levado em consideração pelo espectador.

 

Quero com isto dizer que acho completamente descabidas e inusitadas as declarações que o Ministro Vieira da Silva fez a propósito do que disse Marcelo no Domingo passado na TVI. O que ouvi em direto não me pareceu nada o sentido que Vieira da Silva lhe atribuiu.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:19

Afinal os “pepinos-assassinos” não são espanhóis como os “amigos” alemães se fartaram de dizer.

 

Depois de darem cabo das exportações de hortícolas e frutas espanholas, com centenas ou milhares de encomendas canceladas e rejeitadas por todo o mundo, lá veio alguém dum Governo Regional alemão dizer que afinal o problema não estava no produto espanhol.

 

As autoridades espanholas vão processar a Alemanha pelos prejuízos causados.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:18
tags:

30
Mai 11

Estamos todos “carecas” de saber que há muito devia ter sido atualizada a divisão administrativa do território e que, no fim, subsistiriam muito menos dos 308 municípios e 4259 freguesias que existem neste momento. Ao mesmo tempo a “figura” do Governo Civil também teria desaparecido.

 

É uma das grandes tarefas a que o regime nunca deu resposta. Até um referendo já se fez a propósito da regionalização, preâmbulo duma verdadeira reforma administrativa mas, da forma como foi feito, mais parecia que única intenção era não lhe dar seguimento e foi o que aconteceu.

 

Em mais de trinta anos, os partidos políticos portugueses da zona de governação, foram sustentando e sustentando-se da velha divisão administrativa e nunca quiseram resolver o problema.

 

Como em tantas outras coisas, foi preciso virem os da Troika para, à pressa e tendo como única preocupação o plano de austeridade, fazermos o que deveríamos ter feito bem, com calma, e há muito tempo.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 17:26

29
Mai 11

Quem é que os funcionários da CP que amanhã fazem greve, vão penalizar?

 

Os lixados são sempre os mesmos!

 

A uma semana de eleições, com o acordo da Troika e com tudo de tanga, que resultados esperam obter os grevistas da CP?

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:54
tags: ,

28
Mai 11

As ações dos movimentos independentes que se têm manifestado em permanência, em várias cidades europeias, têm tido uma cobertura mediática contida.

 

A comunicação social, com destaque para as televisões, bem arrumadinha neste mundo controlado pelos grandes grupos, também olha com desconfiança para estes movimentos. Para os poderes instalados, esta é a verdadeira ameaça do “status quo”.

 

O M15 de Espanha está a crescer de dia para dia e, perante as dificuldades crescentes na sociedade espanhola é de crer que o crescimento continue.

 

As correntes partidárias deste tempo deixaram-se corromper e têm cada vez menos espaço para se purificarem e conquistarem as novas gerações.

 

Em Lisboa, também se estalou no Rossio uma manifestação permanente com os mesmos propósitos do que se vê em Madrid ou Barcelona.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 22:52

27
Mai 11

 

Que me interessa e à maioria dos portugueses, que no “Memorando” da Troika, tenham antecipado meia dúzia de prazos sobre medidas que basicamente ficaram na mesma, ou seja, continuam a lixar o Zé?

 

Todos os dias estes políticos têm de correr atrás da agenda da comunicação social deixando o essencial para as “calendas”. Às vezes até lhes dá jeito.

 

Agora, como de cereja no topo do bolo se tratasse, um Juiz do Tribunal de Oeiras deu razão ao MRPP sobre uma providência cautelar entreposta por este partido, reclamando o mesmo direito de debates televisivos que é utilizado para os partidos com assento parlamentar. Engraçado mas sem graça nenhuma é o facto de no mesmo dia o partido MEP ter feito a mesma coisa junto do mesmo Tribunal mas, como foi outro Juiz a decidir, não lhe deu razão.

 

Moral da história: O MRPP vai debater nas três televisões com cada um dos partidos concorrentes a estas eleições nestes últimos dias de campanha.

 

Singularidades do nosso País!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 21:57

Muita gente esperaria que o PSD estivesse nesta altura a uns 10 pontos do PS. Vai-se percebendo porque não acontece.

 

Pedro Passos Coelho, todos os dias, tem de corrigir ao final da tarde declarações feitas pela manhã.

 

Pedro Passos Coelho fala de Pacheco Pereira como nem os adversários falam.

 

Pedro Passos Coelho, não capitaliza nesta campanha o essencial.

 

Silvestre Félix


25
Mai 11

Alguns membros do Governo Grego já admitem a possibilidade do País sair do Euro. Perante a necessidade de impor mais sacrifícios à população e a consequente reação desta, tudo pode acontecer.

 

Parece já não haver dúvidas, a presença de alguns Países no Euro é reversível. A acontecer isso, a União Europeia não subsistirá!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:58
tags: ,

24
Mai 11

 

1 – O chumbo, hoje, pela oposição Grega, de novo plano de austeridade, provocou declarações de membros do Governo que dão conta de algum desespero e da possibilidade real de, oficialmente, a Grécia entrar em bancarrota.

 

A situação está a ser já aproveitada pelas agências de rating para iniciarem mais uma onda de cortes de níveis em diversos Estados europeus. A Standard & Poor’s fez revisão do Outlook da Itália para “negativo” e a Fitch ameaçou cortar o rating da Bélgica.

 

2 – A Espanha ficou, desde Domingo, coberta por um manto conservador, resultado da esmagadora vitória do Partido Popular nas eleições regionais e autárquicas. O Partido Socialista de Zapatero quase desapareceu.

 

3 – Mais uma nuvem de cinza vulcânica islandesa volta a ameaçar o espaço aéreo europeu. O vulcão “Grimsvotn” é mais forte que o anterior mas, por outro lado, essa característica pode ser vantajosa porque as cinzas são mais pesadas e devem atingir o solo mais rapidamente.

 

E o Povo?

 

Como é que fica o Povo pá?

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 16:21
tags:

23
Mai 11

«É preciso trabalhar melhor e poupar mais»

 

Esta é a frase preferida do Presidente da República nos últimos tempos. Só que, quando a diz (a frase), está a dirigir-se à generalidade dos portugueses. Foi o que aconteceu na última comunicação ao País transmitida pelas televisões e, pelos vistos, o registo continua a ser o mesmo porque hoje voltou a usar a mesma terminologia.

 

O senhor professor está equivocado. Pode dizer isto e muito mais mas tem de se dirigir aos verdadeiros culpados da situação complicada que se vive em Portugal.

 

Cavaco Silva pode e deve falar, principalmente, para os políticos com responsabilidades de (má) governação nos últimos 25 anos. Eu compreendo que seja embaraçoso porque inclui parte dos seus governos mas, alguns dos nossos maiores problemas de hoje, começaram ainda na década de oitenta e evoluíram pela de noventa.

 

É completamente “ao lado” repetir esta frase ou esta ideia falando para todos os portugueses. É entendido como nos esteja a culpar a todos e que devemos poupar aquilo que já não temos – O dinheiro.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:53

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

16

26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO