A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

30
Abr 11

Para muitos católicos no mundo inteiro, João Paulo II marcou a diferença entre a descrença e a renovação da fé em perfeita união com a sua religião.

 

Os não católicos ou até ateus, reconheceram em João Paulo II uma humanidade e uma capacidade de entrega com dimensão universal.

 

Os portugueses, duma forma muito particular, admiraram e continuam a admirar este Papa, pelo que ele representava e pela ligação ao nosso País através de Fátima.

 

Por vezes não é fácil entendermos porque simpatizamos ou admiramos alguém e, muito mais difícil é, explicarmos, por palavras, o que sentimos. Relativamente a João Paulo II, conheço algumas pessoas que se enquadram no que acabei de escrever.

 

Também acho que João Paulo II não foi só mais um Papa,

 

Ele é O Papa!

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 23:27

Sou ateu, mas João Paulo II é para mim uma referência, como também o é Dalai Lama. Julgo que a Academia Nobel cometeu um grave erro ao não atribuir a João Paulo II o Premio Nobel da Paz, pois fez muito pela paz mundial.
Tiago Franco a 5 de Maio de 2011 às 20:18

Concordo que foi uma falha grave a não atribuição do Nobel da Paz a João Paulo II.
Obrigado Tiago pela participação.
Venha sempre.
Silvestre Félix

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24


mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO