A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

14
Mar 11

 

A nossa pequenez está bem ilustrada na catástrofe que se abateu sobre o Japão.

 

A prevenção aos efeitos de terramotos, adaptando a construção de edifícios aos constantes abanos, ainda consegue resultar numa redução significativa de danos materiais e humanos. O mesmo não se pode dizer relativamente aos tsunamis. As imagens do que aconteceu na 6ª feira reduzem-nos à nossa real insignificância.

 

Para o rescaldo de tudo fica o pior – O desastre nuclear! Hoje houve uma segunda explosão na central de Fucoxima, que está em pior situação, aumentando o perigo da radioatividade se propagar.

 

O desastre está a relançar a polémica da utilização de energia nuclear. Nos Estados Unidos, na Índia e na Europa, começou a discussão e tudo o que tem a ver com este tipo de energia, vai ser escrutinado até à exaustão.

 

Neste tempo, já existem alternativas ao petróleo e ao nuclear, com potencial suficiente para ajudar a inverter a caminhada da humanidade para o abismo.

 

Silvestre Félix

publicado por voltadoduche às 18:08

realmente o que aconteceu no japao foi uma enorme tragedia. é muito triste acontecerem cenas destas e logo eu que detesto coisas tristes. de qualquer maneira parabens pelo destaque do teu blogue. beijinhos fofinhos!!!
gatinhafofa a 15 de Março de 2011 às 11:44

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9



29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO