A volta das voltas. Chegamos, partimos e lá voltamos sempre!

29
Jan 11

 

Os povos do Magrebe, numa onda de contestação multinacional, decidiram, finalmente, que querem arrear do poder, os governos tiranos e corruptos que há décadas se mantêm na mó de cima nos respetivos Países, engordando as suas contas bancárias e as dos amigos e correligionários.

 

Exatamente como aconteceu na Tunísia, o Presidente Mubarak do Egipto, acaba de demitir o Governo e anunciar reformas que, aparentemente, correspondem a exigências da população, em resultado das manifestações realizadas nesta Sexta-Feira em todo o País.

 

Evidentemente que pretende ganhar tempo. Os tempos não estão fáceis para ele que já preparava um filho para lhe suceder. A democracia nestes Países tem muito pouco a ver como a que nós conhecemos no Ocidente e, na verdade, o poder é autoritário e não dá margem de manobra à reivindicação do povo, quando ela surge. Resultado: Repressão até às últimas consequências.

 

Mubarak não anulou as ordens para a polícia reprimir as manifestações mas, curiosamente, como aconteceu na Tunísia e noutros Países vizinhos, o exército têm-se mantido à margem do poder e, pelo que parece, está mesmo ao lado do povo nesta ação contestatária. Ou seja, não pode haver outra Sexta-Feira como esta, sem que Mubarak e família adote o exemplo do Presidente Tunisino e procure o exílio noutras paragens, se é que não o fará já neste fim-de-semana.

 

Estamos perante as razões que o POVO sempre tem!

 

Silvestre Félix

 

(Imagem: Expresso Online)

publicado por voltadoduche às 01:40

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

21
22

23
24
25
26



mais sobre mim
pesquisar
 
HOJE VIERAM VISITAR-ME

contador gratis
DESDE 14.06.2009
Free Counter
Free Counter
PELO MUNDO FORA DESDE 28.10.2009
Locations of visitors to this page
blogs SAPO